17 junho 2013

Resenha: Simplesmente Ana

Autora: Marina Carvalho
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Ano: 2013
 Imagine que você descobre que seu pai é um rei. Isso mesmo, um rei de verdade em um país no sudeste da Europa. E o rei quer levá-la com ele para assumir seu verdadeiro lugar de herdeira e futura rainha… Foi o que aconteceu com Ana. Pega de surpresa pela informação de sua origem real, Ana agora vai ter que decidir entre ficar no Brasil ou mudar-se para Krósvia e viver em um país distante tendo como companhia somente o pai, os criados e o insuportável Alex. Mudar-se para Krósvia pode ser tentador, deve ser ótimo viver em um lugar como aquele e, quem sabe, vir a tornar-se rainha, mas ela sabe que não pode contar com o pai o tempo todo, afinal ele é um rei bastante ocupado. E sabe também que Alex, o rapaz que é praticamente seu tutor em Krósvia, não fará nenhuma gentileza para que ela se sinta melhor naquele país estrangeiro. A não ser… A não ser que Alex não seja esta pessoa tão irascível e que príncipes encantados existam. (Skoob)

 Ana Carina, ou simplesmente Ana, uma universitária de vinte anos, nunca soube nada a respeito de seu pai biológico, só o que sua mãe, Olívia, sempre disse, que ele a abandonou quando ainda estava grávida. Por isso, Ana leva um tremendo susto quando um homem que diz ser seu pai, Andrej Markov, nada mais nada menos que o Rei da Krósvia, a encontra e diz a verdade, que ele nunca soubera que Olívia estava grávida quando, sem mais nem menos, ela terminou com ele.

 Andrej a convida para passar uma temporada na Krósvia, conhecer o "outro lado" da sua própria vida que ela nem sabia que existia. E para assumir, publicamente, o título de Princesa, herdeira legítima do Rei. Ao chegar lá, todas as pessoas do castelo são simpáticas e a recebem de braços abertos, ou melhor, quase todas. Alexander, enteado de seu pai, parece querer tirá-la do sério, em todos os sentidos.
Com aquele seu jeito delicado como um trator, ele me mandou sentar logo na garupa e nem se deu o trabalho de me contar aonde íamos. Mas, assim que me encaixei atrás dele e senti a rigidez de seus músculos abdominais, deixei para lá todo o receio de cair. Eu já estava meio abobada pelas insinuações promovidas pela camiseta apertada. Imagine como foi sentir aquele corpo com minhas próprias mãos.
 Simplesmente Ana é um livro leve e divertido. Com uma narrativa, em primeira pessoa, bem humorada e personagens cativantes, a autora conseguiu me prender na história de Ana de uma maneira muito boa. Passei noites lendo e rindo das situações loucas e outras, constrangedores, pelas quais ela passou.

 Apesar de ser um livro mais voltado para o público adolescente, a história com certeza irá agradar a todas as idades, afinal, a protagonista é mais madura que outras que encontramos em outros livros por aí, por isso, pode esquecer os chiliques ou qualquer outra chatice de uma protagonista adolescente birrenta. Ana não é perfeita, também tem seus momentos ruins, sentimentos conflitantes, e até digo, o amor fez alguns neurônios dela queimarem, mas nada que seja do outro mundo ou que me fez sequer pensar em desistir da leitura, e claro, ela não é uma pessoa oca, tem sentimentos.

 O romance é o fator predominante, e o melhor, é o tipo de romance para suspirar. Ana e Alex vão se conhecendo e a ansiedade e curiosidade dela para conhecer mais e mais sobre tudo, principalmente desvendar o misterioso Alex, acabou me deixando ansiosa e curiosa também. E outra coisa legal foi que a autora empregou o uso de e-mails entre os personagens, claro, para se comunicarem, o que poderia ser melhor, depois do telefone, que os e-mails?

 Mesmo com o final já esperado, foi uma leitura muito gostosa que recomendo demais.
 Leia também e descubra quais foram as decisões de Ana.

2 comentários:

  1. Oi May, pelo que tenho lido, esse é um livro mais adolescente mesmo, só espero que a Ana não seja uma personagem muito irritante ;x rsrs
    Mesmo a autora tendo escolhido uma idade a mais para ela, aquela mentalidade de adolescente quase sempre está presente ;)
    Estou ansiosa por esse livro, está na fila ;D

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Ah, que bom que você também gostou de "Simplesmente Ana"! Eu amei. <3
    O romance é maravilhoso e de suspirar mesmo. Adorei a forma como a autora construiu toda a atração entre ambos. E a Ana, apesar da sua relutância irritante em alguns momentos, é uma boa personagem.
    Gostei de saber sua opinião. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário, assim que possível retribuirei a visita.
Todas as perguntas serão respondidas aqui.
Beijos