04 setembro 2012

Resenha: Sereia


Autora: Tricia Rayburn
Trilogia: Sereia - livro 1
Editora: Verus
Páginas: 306
Ano: 2011
 Vanessa Sands, de 17 anos, tem medo de tudo – do escuro, de altura, do mar –, mas sua destemida irmã mais velha, Justine, está sempre por perto para guiá-la a cada desafio. Até que Justine vai mergulhar num precipício uma noite, perto da casa de veraneio da família em Winter Harbor, e seu corpo sem vida aparece na praia no dia seguinte. Os pais de Vanessa tentam superar a tragédia retornando à vida cotidiana em Boston, mas ela sente que a morte da irmã não foi acidental. Depois de descobrir que Justine estava escondendo diversos segredos, Vanessa volta para Winter Harbor, esperando que Caleb, o namorado de sua irmã, possa esclarecer algumas coisas, mas o garoto está desaparecido.
 Logo, não é apenas Vanessa que está com medo. Winter Harbor inteira fica em alvoroço quando outro corpo aparece na praia, e o pânico se instala à medida que a pequena cidade se torna palco de uma série de acidentes fatais relacionados com a água, em que as vítimas são encontradas sorrindo horrivelmente de orelha a orelha. Vanessa e Simon, irmão mais velho de Caleb, unem forças para investigar os estranhos acontecimentos e, no caminho, a amizade de infância se transforma em algo mais. Conforme eles vão encontrando ligações entre a morte de Justine e a súbita erupção de afogamentos assustadores na cidade, Vanessa descobre um segredo que ameaça seu romance com Simon – e que vai mudar sua vida para sempre. (Skoob)

 Nesse primeiro volume da trilogia, a personagem central e narradora dos fatos, Vanessa Sands, uma adolescente de dezessete anos está passando por um momento muito difícil em sua vida. No último verão que passou com sua família em sua casa de veraneio em Winter Harbor, Vanessa acaba perdendo a irmã, Justine, que sempre fora sua melhor amiga e que a ajudou a enfrentar todos os seus medos. Depois de uma discussão com a mãe, Justine soltou dos penhascos de Chione, e foi encontrada morta perto da praia, no dia seguinte.

 Após esse incidente, toda a família Sands volta para Boston e vão tentando retornar à normalidade de suas vidas. Na volta, Vanessa acaba descobrindo que Justine escondia alguns segredos da família e, em busca de algumas respostas, Vanessa decide voltar a Winter Harbor. Lá está um caos, misteriosamente o clima mudou, tempestades terríveis, porém passageiras começam a cair do nada e homens começam a aparecerem mortos na praia, todos com um largo sorriso nos lábios. Vanessa não sabia que a verdade seria o mais aterrorizante dos seus medos.

 Tricia reescreve o mito das sereias de uma forma mais modernizada, assim como estão fazendo com os vampiros. Por este ser meu primeiro livro sobre as sereias, não soube bem o que esperar, como seriam essas tais sereias pela criatividade da autora. Muitas das principais características desses seres mitológicos foram preservadas, mas não gostei muito das descrições sobre as sereias, acho que a autora poderia ter enriquecido mais o livro nesse aspecto.

 Sereia é um livro de fácil leitura, com romance e mistério acerca de como são e o que fazem as sereias. De início, a narrativa conseguiu me cativar, uma vez que a autora não se apega muito a detalhes desprezíveis ao contexto. Porém, (como quase tudo tem um porém), a partir do meio da estória, a narrativa começa a ficar cansativa e repetitiva.

 Bem, e no quesito mistério, infelizmente a autora deu um tremendo deslize e foi bem óbvio o final. Desde antes do meio do livro, eu já sabia coisas que só foram descobertas pela protagonista no final. 

 Os personagens, bem, os principais me passaram um toque de inocência, amizade. Gostei deles, mais nenhum conseguiu entrar para minha lista de favoritos. Vanessa é o tipo de garota com grave problema de baixa auto-estima, a garota linda e inteligente que se acha a mais sem graça do mundo, realmente, em alguns momentos ela conseguiu ser.

 Adorei as cenas românticas, foram rápidas mas muito fofas. O casal de protagonistas já se conhecem há anos mas só agora, começa a despertar o amor reciproco. O amor entre eles vai crescendo a cada página virada. Posso dizer, o romance foi o que mais gostei neste livro.
Simon tirou sua blusa de lã, enrolou-a em mim e me segurou firme. Era o tipo de proteção que qualquer irmão mais velho carinhoso teria oferecido na mesma situação... Mas eu não me sentia como a irmãzinha de Simon. Na verdade, achei que se ele mexesse só mais um centímetro o rosto para mais perto do meu e se nossos lábios por acaso se tocassem, eu provavelmente nem perceberia a igreja voando pelos ares.
  Apesar dos pesares, tenho boas expectativas a respeito do segundo livro: Encantos.
 Se eu recomendo? Bem, se você está paciente e só quer passar o tempo, esse é um bom livro.

2 comentários:

  1. Ei May, que lindo o novo layout do blog!
    Eu tenho esse livro há algum tempo, mas ainda não consegui ler - como tantos outros ;~
    Mas eu tenho curiosidade de conhecer a história por mim mesma, e mesmo com alguns pontos fracos, espero que eu goste.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Julia!
    Ah, obrigada :D
    Sereia é legal sim apesar de tudo, acho que você vai gostar!
    beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pelo comentário, assim que possível retribuirei a visita.
Todas as perguntas serão respondidas aqui.
Beijos